Rio de Janeiro vai receber em 2014 o Mundial de futebol e, em 2016, os Jogos Olímpicos. Após alguns destastres naturais mortíferos, como as cheias de 2010 o munícipio decidiu investir num sofisticado software de análise de estatísticas e dados meterológicos em tempo real, para tentar prever acontecimentos naturais. Tudo a partir da criação de um dum dos mais modernos centro de operações a nível mundial. Um exemplo a conhecer. 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s